Vila da Regata é aberta em Le Havre

A festa já começou. Neste sábado (26), a Vila da Regata em Le Havre foi aberta ao público, que pela primeira vez teve contato com os barcos que participam da Transat Jacques Vabre. A prova tem início no dia 3 de novembro e conta com 44 veleiros inscritos. Serão 5.450 milhas náutica até Itajaí, no litoral de Santa Catarina. O prefeito da cidade francesa, Edouard Philippe, e o presidente do Grupo Mondelēz Europa, Pascal Bourdin, deram boas-vindas aos visitantes.
"Le Havre vive do esporte náutico. A Transat Jacques Vabre é um sucesso de 1993, pois a baia de Paul Vatine é ideal para receber eventos deste tipo”, disse Edouard Philippe.
A Transat Jacques Vabre movimenta a economia da cidade e promove um intercâmbio entre a comunidade náutica local e o público”.
O representante do Grupo Mondelēz Europa, Pascal Bourdin, foi um dos idealizadores da Transat Jacques Vabre em 1993. Agora, como presidente da empresa multinacional, ele tem orgulho de regressar às origens.
Voltar 20 anos depois é uma grande emoção para mim. O evento se transformou e cresceu. Em 1993 eram apenas 13 barcos e hoje temos 44”.

A Jacques Vabre faz parte da multinacional Mondelēz, mas o nome soa estranho para os brasileiros, já que 80% do café da marca são consumidos apenas pelos franceses. Mas você já ouviu falar em queijo cremoso Philadelfia e bombom Sonho de Valsa? São do mesmo grupo, que é apontado como maior fabricante de chocolates, biscoitos e balas do mundo. Lacta, Milka, Club Social, Oreo, Tang, Trident e Royal fazem parte do guarda-chuva que a Jacques Vabre está na França.
A Mondelēz preza por uso eficiente de energia, embalagens recicláveis, uso responsável da água e processos otimizados de logística para evitar o desperdício. “Promovemos em parceria com a Jacques Vabre o desenvolvimento sustentável e procuramos limitar o impacto ambiental. Nossa parceria tem como objetivo ser sustentável", finalizou o representante do Grupo Mondelēz Europa, Pascal Bourdin. 

Pascal e o prefeito Edouard Philippe vistaram todos os estandes, inclusive da Villa Happy Coffee (Café Feliz), que tem bicicletas ergométricas que geram energia com a força da pedalada. Os visitantes da Vila da Regata de Le Havre poderão participar das, além de tirar fotos dos veleiros. Oficinas de sustentabilidade e até de leitura atraem bastante gente, principalmente as crianças.